Terapia da Fala

O/A Terapeuta da fala é o/a profissional que desenvolve actividades no âmbito da prevenção, avaliação e tratamento das perturbações da comunicação humana, englobando não só todas as funções associadas à compreensão e expressão da linguagem oral e escrita, mas também outras formas de comunicação não verbal. (fonte: Decreto-Lei nº. 564/99, de 21 de Dezembro)

Áreas de actuação do Terapeuta da Fala:

  • Prevenção
  • Avaliação e Diagnóstico
  • Intervenção

Prevenção

O terapeuta da fala actua a qualquer nível no sentido da prevenção da ocorrência ou agravamento de perturbações da comunicação através do: ensino, informação, rastreio para despiste precoce de perturbações na criança e/ou adulto e, qualquer outra acção apropriada para os pacientes e seu meio

Avaliação e diagnóstico

A avaliação pressupõe um estudo completo de todos os aspectos, funcionais ou outros, da competência comunicativa e modificações nos mesmos, observadas nos “pacientes” (que podem ou não consultar o Terapeuta da Fala por sua iniciativa) tendo em conta as suas necessidades e características do seu meio social.

A avaliação é um processo contínuo que pode envolver a colaboração de outros profissionais ou áreas. O Terapeuta da Fala estabelece o diagnóstico através da avaliação objectiva e observação clínica e formula hipóteses acerca da natureza e duração da intervenção.

Intervenção

No âmbito das perturbações da comunicação humana a intervenção terapêutica pode ser directa ou indirecta. Envolve terapia, reabilitação e reintegração no meio social e profissional assim como intervenção precoce, orientação e aconselhamento.

As acções terapêuticas têm dimensões técnicas, relacionais e sociais.

A intervenção tem por objectivo levar o paciente, de acordo com as suas possibilidades, ao nível óptimo de funcionamento e de comunicação que corresponde ao seu meio — social, educacional e profissional -, no sentido de alcançar ou manter a autonomia. A idade não é portanto significativa já que as perturbações podem aparecer em qualquer idade e podem ser de desenvolvimento ou adquiridas.

Uma parte essencial da intervenção reside na avaliação da sua eficácia.

No caso de patologia médica a intervenção do Terapeuta da Fala pode complementar a intervenção médica. A terapêutica da fala também envolve a colaboração em programas terapêuticos num contexto multidisciplinar.

O Terapeuta da Fala actua nas perturbações a nível da fala, da linguagem, do funcionamento auditivo, visual, cognitivo, muscular oral, respiratório, vocal e da deglutição.

  • slideshowFala1